You are currently viewing Viajar sozinho – Tendência ou um “basta” às viagens que ficam por fazer?

Viajar sozinho – Tendência ou um “basta” às viagens que ficam por fazer?

Viajar sozinho (ou viajar a solo) é por muitos descrito como uma tendência que tem vindo a crescer nos últimos anos. Mas será mesmo uma tendência? Ou seja, será que está na moda viajar sozinho? Ou as pessoas, finalmente, estão a dar conta que o tempo é um bem finito e precioso, e que se não fizerem o que desejam, ninguém o fará por elas?

Sem dúvida que viajar a sozinho não é para todas as pessoas. Do mesmo modo que nem todas as pessoas podem, por exemplo, ser atletas de alta competição.

Certamente, há pessoas que preferem andar sobre uma cama de pregos, do que viajar sozinhas!

Quais os motivos que levam cada vez mais gente a viajar sozinha?

 Viajar-a-solo-arvore
Redwood Forest, Nova Zelândia

Os motivos porque as pessoas viajam sozinhas diferem muito, pois cada um terá as suas próprias motivações. Contudo, das minhas experiências com outras pessoas, posso afirmar que as pessoas viajam sozinhas por estes motivos:

  • Não tem compatibilidade de calendário com amigos ou familiares
  • Não tem conhecidos que gostem de viajar
  • Os seus gostos não correspondem aos gostos dos seus conhecidos
  • Liberdade de horários e planeamento
  • Gostam de estar sozinhos

É provável que existam mais motivos que levem as pessoas a viajar sozinhas. Mas estes serão, certamente, os mais comuns.

É mesmo bom viajar sozinho?

Primeiramente quero que tenhas em mente que, viajar sozinho não é uma questão de ser melhor ou pior. É sim a questão de “ou vais, ou não vais”.

Viajar a solo vai, com certeza, ser uma experiência única.

Uma vez que, o feedback de quem experimenta ou é “a melhor experiência da sua vida” ou o “maior pesadelo de sempre”, não posso afirmar que viajar sozinho é bom. Isto porque, realmente, depende muito da pessoa.

Nunca viajei sozinho. Tenho motivos para ter medo?

Tudo o que é novo causa desconforto. Podemos chamar-lhe medo, ou nervosismo, ou ansiedade,

Certamente esse “medo” já fez parte da tua vida em algum momento. Como, por exemplo, a primeira entrevista de trabalho, a primeira vez que saíste de casa dos teus pais ou até a primeira vez que foste jantar a casa do teu namorado/a.

Tudo o que está além do nosso controlo causa “medo”.

Portanto, viajar não é diferente. Não tens motivos para ter qualquer receio, pois o que te pode acontecer numa viagem, pode-te acontecer a caminho do trabalho.

O maior erro das pessoas quando tentam viajar sozinhas pela primeira vez é o destino. Ou seja, para viajar sozinho pela primeira vez não precisas de ir para a Tailândia.

Apesar de às vezes querermos ter a nossa primeira aventura “à grande”, muitas vezes acaba por correr mal.

Viajar-a-solo-cascata
Fisgas de Ermelo, Mondim de Basto, Portugal

Assim as minhas dicas para quem quer experimentar viajar sozinho pela primeira vez, são:

  • Escolhe um destino perto
  • Com uma cultura parecida com a tua
  • Com um idioma que domines minimamente

Dessa forma, o choque cultural vai ser muito menor. Já recomendei a muita gente que quer experimentar viajar sozinho, mas tem mesmo muito medo, ir, por exemplo, à Madeira ou aos Açores. Desse modo anulas praticamente todas as diferenças culturais, linguísticas e cambiais.

Em suma, quando queres mesmo muito uma coisa, arranjas uma maneira, quando não queres, arranjas uma desculpa 😉

 

Nunca estive sozinho/a por mais que um dia. Como vou aguentar umas férias?

É provável que, se perguntares a alguém que já viajou sozinho/a se esteve sozinho/a durante toda a viagem, 99% te respondam que não. Igualmente, também encontrarás muito poucas pessoas que não digam que “foi a melhor coisa que fizeram”.

Aliás, já deves ter ouvido o provérbio africano “se queres ir rápido vai sozinho, se queres ir longe vai em grupo”. De maneira idêntica se pode aplicar aqui. Se queres conhecer  muitas pessoas vai sozinho, se queres conhecer os teus amigos, vai com eles.

Quando estás sozinho vais estar mais atento ao que se passa à tua volta, pois não tens as distrações dos teus amigos. Vais falar com os teus colegas de quarto, com o recepcionista, com o barman, com o vendedor. Porque socializar faz parte da nossa natureza humana, muitas vezes esquecida. Nessas conversas podes arranjar companheiros de viagem, companheiros de jantar, etc.

viajar-a-solo-bebidas

Em suma, quem viaja sozinho, só está sozinho se assim o escolher!

Mas… é óbvio que se estivermos a falar de uma viagem muito longa, esse sentimento de solidão pode surgir. Afinal quantas pessoas se sentem sós no meio de uma multidão?

Por vezes mais vale só, que mal acompanhado!

Prefiro ir sozinha ou com desconhecidos  que partilhem do mesmo mind-set que o meu do que viajar com grande parte dos meus amigos.

O facto de eu gostar muito dos meus amigos, de jantar e sair com eles, ir até à praia ou piscina não é sinónimo de que vai correr tudo bem quando estivermos 24h juntos num local desconhecido. O mesmo se aplica ao namorado/a. Quando fazes uma viagem com alguém (seja uma ou 10 pessoas), essa viagem já não é mais a tua e sim a nossa.

Quais são as vantagens e desvantagens de viajar sozinho?

Apesar deste tipo de viagem ter à partida muitas vantagens, é óbvio que também tem as suas desvantagens.

Descobre mais neste artigo, Viagens a solo – Vantagens e Desvantagens

Em conclusão, viajar sozinho não é uma tendência. É uma escolha. Uma escolha de quem decidiu viver a sua vida e realizar os seus sonhos independentemente de ter companhia ou não.

Por isso vai, e se der medo, vai com medo mesmo!

Acredita que para o bem ou para o mal, vais descobrir coisas fantásticas sobre ti próprio.

Ainda não estás preparado/a para viajar sozinho/a? E se começares pelas viagens sociais? Descobre  o que são estas viagens aqui.

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta