You are currently viewing Fisgas de Ermelo – O que visitar nas maiores cascatas da Península Ibérica

Fisgas de Ermelo – O que visitar nas maiores cascatas da Península Ibérica

As Fisgas de Ermelo são dos locais mais famosos do Parque Natural do Alvão.

Localizadas próximo da aldeia da Ermelo, no concelho de Mondim de Basto, esta região tem muito mais para oferecer que apenas estas imponentes cascatas!

Assim, neste artigo vamos levar-te pelos locais da nossa viagem que se irá realizar em Abril.

Então, pronto para descobrir o Parque Natural do Alvão?

Mondim de Basto

Iniciamos obviamente pela belíssima vila de Mondim de Basto. Com as suas casas construidas no típico granito amarelo da região, deambular pelas estreitas ruas daquela vila, é imaginar um tempo que não volta mais.

Tendo sido praticamente todo reconstruido, o centro histórico fervilha agora com restaurantes e bares para todos os gostos. Ainda mais, o parque de lazer,  localizado mesmo à entrada da Vila, proporciona um belo passeio, ou momento de lazer. Igualmente, podes encontrar aqui a piscina municipal de Mondim de Basto.

Em seguida, do alto da Senhora da Piedade, perto do cemitério Municipal, encontras umas das melhores vistas do amado “Monte de Farinha” mondinense. Falamos, pois, claro, da Senhora da Graça. A etapa rainha da Volta a Portugal em Bicicleta é de facto única.

Baloiço com montanha ao fundo
Baloiço na Sr.a da Piedade

E já que falamos do Monte da Senhora da Graça, é hora de o subir!

A viagem até lá tem início mesmo no centro da vila e depois é sempre a subir até ao topo. Entretanto, damos conta que nos sentimos uns ciclistas, pois todo o asfalto está escrito com mensagens de incentivo aos guerreiros da estrada em duas rodas.

Chegado ao topo somos brindados com umas magníficas vistas do Parque Natural do Alvão e de quase toda a região de Basto.

Aqui podes visitar a capela da Senhora da Graça, também ela toda reconstruida, ou relaxar na roulotte com uns petiscos e umas cervejas, ou, se fores mais radical, fazeres um batismo de parapente.

Parapente Sra da Graça - Mondim de Basto

Seja qual for a tua opção o que recomendamos mesmo é que o faças ao pôr-do-Sol.

Ainda em Mondim de Basto, tens também algumas praias fluviais. A mais famosa, localmente conhecida por “Fraguinha do Tâmega” é um local magnífico, para passar uma tarde de muito calor. Outra também muito gira é a Praia fluvial do Cabril, perto da ponte romana.

Parque Natural do Alvão

Situado entre Mondim de Basto e Vila Real, o Parque Natural do Alvão é rico em granito e “acidentes geológicos” que proporcionam magnificas cascatas. A mais famosa é, obviamente a cascata das Fisgas de Ermelo. Com um desnível de cerca de 200 metros dá origem às famosas piocas, cavadas nas rochas pelas águas do rio Olo.

Devido à existência de vários rios e afluentes, o Parque Natural do Alvão tem uma imensidão de piocas e cascatas para conhecer. Contudo, neste artigo vamos apenas indicar-te as mais conhecidas e mais próximas de Mondim de Basto.

Trilho das Fisgas de Ermelo

Uma das caminhadas mais bonitas para fazer na zona transmontana é, sem dúvida, este trilho. São cerca de 13 km de pura beleza natural, com formações rochosas, piocas e miradouros de cortar a respiração. Embora a informação oficial seja que este trilho demora cerca de 4:30h, recomendamos que tires o dia inteiro para o fazeres de modo a aproveitares ao máximo as piocas e outras zonas “balneares” que vão aparecendo pelo caminho.

O trilho é circular e inicia e acaba na Aldeia de Ermelo. Está muito bem sinalizado e é fácil de executar para quem tenha alguma experiência em caminhadas. Contudo, é considerado um trilho difícil, pois na primeira parte do trilho temos um desnível de 450 metros para ultrapassar em pouco menos de 4km. Por isso vai com calma, e aprecia a paisagem!

Telhado de uma casa em XIsto - fisgas de ermelo
Aldeia de Ermelo

Após chegares ao Miradouro das Fisgas de Ermelo é praticamente sempre a descer. Durante o trilho vais encontrar desvios para as Piocas de Cima e para as Piocas de Baixo. Mas, se não quiseres fazer os desvios (que te podem poupar um bom par de km’s), fica a saber que ambas as piocas são acessíveis de carro. Contudo, terás sempre que caminhar umas boas centenas de metros.

Porém, o que é mesmo importante é que vás preparado e com tempo.

Deves utilizar calçado apropriado para a caminhada, pois vais encontrar muito cascalho, calçado de água para andares nas piocas em segurança (acredita que é como andar sobre vidro molhado), muita àgua (se bem que podes abastecer nos ribeiros ao longo do caminho, usando sempre um filtro ou pastilhas) e o teu pic-nic. Para te sentires mais seguro, principalmente nas descidas, podes utilizar bastões de caminhada.

Mais importante que te divertires nesta caminhada é que a deixes da mesma forma que a encontraste. Ou seja, traz todo o lixo contigo!

Temos a certeza que vais chegar ao fim cansado, mas completamente maravilhado!

cascatas e lagoas na rocha - fisgas de ermelo
Piocas de Baixo e Piocas de Cima

Praias fluviais e cascatas

Para além das praias do Tâmega e Cabril, já mencionadas acima ainda tens mais duas que podes visitar. Ambas ficam no caminho para as Fisgas e chamam-se Praia Fluvial do Olo e a Praia Fluvial do Parque das Merendas do rio Olo. Ambas estão sinalizadas na estrada nacional, só precisas de ir com atenção, pois os desvios vão surgir do teu lado direito.

Praia fluvial rio tamega
Fraguinha do Tâmega

Outras cascatas menos conhecidas e de fácil acesso, estão localizadas na aldeia vizinha do Bilhó. São as cascatas do rio Cabrão. Sim, este é mesmo o nome do rio. Basta estares atento que elas vão aparecer logo na berma da estrada.

Actividades

Com rios e cascatas infinitas é normal que algumas atividades mais radicais possam surgir. Assim Mondim de Basto não fica para trás de, por exemplo, o Parque Nacional da Peneda Gerês, embora numa escala menor.

Aqui podes encontrar actividades como rapel, rafting,  canyoning e voos de parapente.

O mínimo que recomendamos para visitar Mondim de Basto e as Fisgas de Ermelo, é pelo menos dois dias e podes fazer esta viagem connosco já nos próximos dias 24 e 25 de Abril.

Are you ready to Break Free?

Deixe uma resposta