You are currently viewing Viajar a solo – Vantagens e Desvantagens

Viajar a solo – Vantagens e Desvantagens

Viajar a solo é um daqueles temas que vem sempre à baila quando o assunto são viagens.

Ou, porque uns já viajam sozinhos e são fãs, ou porque uns nunca foram e tem um pouco de “raiva” de quem já foi e gostou.

A verdade é que como tudo na vida, viajar sozinho tem desvantagens e vantagens.

O que pode levar alguém a querer viajar a solo?

Para que percebas melhor as motivações por detrás de quem opta por viajar sozinho, aconselho a leitura do nosso artigo Viajar Sozinho – Tendência ou um “basta” às viagens que ficam por fazer?

Quais são então as vantagens de viajar a solo?

Para algumas pessoas, as vantagens de viajar sozinho superam em tudo as suas desvantagens, pois a alternativa era não ir ou procurar uma viagem organizada.

Liberdade de horários e itinerários

Esta é provavelmente a maior vantagem de se viajar sozinho.

A viagem é única e exclusivamente tua. As datas, o destino, o que queres ver e fazer no destino, onde queres dormir o que queres comer, etc. Tudo isso é planeado e escolhido por ti. Podes mudar o teu planeamento quantas vezes e como quiseres.

Mente aberta e mais sociável

Como estás sozinho, vais ter menos distrações.

Isto permite que te envolvas mais com aquilo que te rodeia. Se estiveres num pub a beber uma cerveja é muito provável que converses com o empregado de mesa. Se estivesses com amigos, apenas pedias a cerveja e falavas com os teus amigos, podendo com isso estar a perder inúmeras dicas sobre aquele local. Vais descobrir que afinal até sabes falar mais que um idioma 😉

viajar-sozinho-orlando
Eu e uma família a entrar na Millenium Falcon na Disney World

Auto-conhecimento

Ninguém se conhece verdadeiramente até estar sozinho no mundo.

Chegares a um local onde não conheces absolutamente ninguém tem tanto de fantástico como de aterrador. Vais estar em constante introspecção. Vais conhecer as tuas limitações, os teus medos e até os teus gostos, pois não vais ter influências externas. No final vais descobrir (ou assim o espero) que és muito mais forte que aquilo que pensavas e que te podes divertir imenso na tua companhia.

A arte do “desenrasca-te”

Não te iludas. Só porque és a única pessoa a fazer o planeamento da viagem, não quer dizer que vá correr tudo conforme planeaste.

No caso de algo acontecer, vais ter de arranjar maneira de conseguir resolver sozinho.

viajar-sozinho-moedas
Moedas no Dubai, sem números 😮

Muitas vezes terás de tomar decisões sobre pressão, devido a um contra-tempo que nunca pensaste que fosse acontecer.

Por exemplo, enquanto fiz uma viagem de 4 dias a Port Lincoln na Austrália, uma tempestade tropical atingiu Sydney. O meu voo foi cancelado. Trabalhava no dia a seguir, tinha de decidir algo e avisar o meu chefe. As opções eram ficar em Adelaide dois dias, pois os voos do dia a seguir já estavam esgotados, ou comprar um novo bilhete por 300 dólares noutra companhia que ainda voava para Sydney. Feitas as contas do que ia gastar em dois dias em Adelaide mais o dinheiro que ia perder por faltar ao trabalho, decidi na hora comprar o bilhete.

Desenvolves o estado de alerta

Como estás dependente só de ti, o teu estado de alerta aumenta.

Tens mais atenção a detalhes, como, por exemplo, paragens de metro, pontos de referência, horários, etc.

Facilitas menos em certas situações, porque se sair do teu controlo, sai do controlo. Não está lá ninguém responsável por ti.

Histórias quase inacreditáveis

O melhor de viajar é as histórias que ficam dessas viagens.

Mas quando viajas sozinho, há uma tendência para haver ainda mais histórias do género “contado ninguém acredita”

Para veres alguns exemplos, vê o nosso vídeo “Meet the Crew Parte 5 – Azares em Viagem”

E as desvantagens de viajar a solo, quais são?

O lado mau de viajar sozinho, também deve ser analisado e tido em conta quando estas a pensar em viajar sozinho.

Assim as principais desvantagens de se viajar sozinho são:

Sentimento de Solidão

Em algum momento da tua viagem, principalmente se for uma viagem de várias semanas, vais-te sentir só. Especialmente se algo de ruim acontecer. Vais dizer mal da tua vida e certamente arrependeres-te de ter ido sozinho. Podes realmente nunca estar sozinho, mas sentires-te só. É um sentimento perfeitamente legitimo e quase toda a gente que viaja sozinho já o experienciou. No entanto, está nas tuas mãos dar a volta por cima – liga aos teus amigos ou à tua família.

Medo

Medo de que aconteça algo, de perder o voo, de não saber comunicar com as pessoas locais… são quase infinitas as possibilidades que nos assombram quando planeamos uma viagem a solo. Se fores uma pessoa insegura, viajar sozinho vai ser um desafio ainda maior. Mas mais uma vez tens de dar a volta por cima. Afinal há militares que sobrevivem a 2 ou 3 guerras e morrem atropelados na frente de casa.

Quem tira as fotos?

Viajar-sozinho-selfie
Selfie no Sahara

Sim, este é outro grande problema para quem viaja sozinho. Contudo, existem Selfie-Sticks e Tripés que resolvem todos esses problemas. E se não te ajeitares com estes acessórios há sempre a hipótese de pedires a alguém.

Estás por tua conta e risco

Quando viajas sozinho não te deves colocar em situações de risco desnecessárias, pois não tens quem te dê a mão. Mantém-te alerta q.b. e se algo te “cheirar a esturro” confia nos teus instintos.

Procrastinar

Do mesmo modo que não tens ninguém para falar, para te ajudar, para te tirar fotos, também não tens quem te incentive a realmente continuar a viagem quando te sentires cansado ou “homesick”. Já li muitos viajantes em grupos de Facebook, que estão há 3 dias sem sair do alojamento porque de alguma maneira “desanimaram” com a viagem. Não é errado quereres descansar uns dias. Aliás, é super importante! Mas esses dias de descanso devem estar planeados ou corres o risco de perder tempo valioso de viagem.

 

Em jeito de despedida, queria apenas dar-te mais dois conselhos: há mais gente a querer ajudar-te do que a querer fazer-te mal e viaja para um destino que TU queres e não porque está na moda! Viajar para sítios que nada ou pouco tem a ver connosco, não faz sentido só porque está na moda. Lembra-te que vais sozinho e a viagem é tua e de mais ninguém!

 

Agora que já tens bastante informação sobre como é viajar sozinho, espero que um dia te aventures (nem que seja num destino pertinho de casa), para poderes (ou não) experienciar estas situações e descobrires, finalmente, de que fibra és feito no que se refere a viagens!

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta