You are currently viewing Açores – O que visitar na Ilha do Corvo
Natureza pura dentro do Caldeirão @descobrircomalma

Açores – O que visitar na Ilha do Corvo

A ilha do Corvo, a mais pequena dos Açores, é na realidade toda ela um vulcão extinto.

Tal como a ilha das Flores, a ilha do Corvo é também Reserva Natural da Biosfera pela UNESCO.

Assim, neste artigo vamos levar-te aos sítios que não podes perder numa visita à ilha do Corvo.

Estás pronto? Se preferires podes juntar-te a nós na nossa viagem em Setembro

Ilha do Corvo

Geralmente visitamos a ilha do Corvo, quando estamos de visita também à ilha das Flores. Uma rápida viagem de barco (num dos muitos operadores) ou de avião, permite que consigamos ver os principais pontos da ilha em apenas um dia. Contudo, se tiveres tempo, aconselhamos a que fiques pelo menos dois dias, pois o seu grande tesouro não se conhece apenas num só dia. E qual esse tesouro? Os seus habitantes – os Corvinos!

Assim esta ilha com apenas 10km de estrada e 400 habitantes onde todos se conhecem, é uma verdadeira joia escondida. Certamente vai roubar o teu coração!

Vila do corvo

Então, a Vila do Corvo é  única vila da ilha. Ou seja, será obviamente a tua primeira paragem.

Casa de todos os seus habitantes, nunca te sentirás mais em casa que nesta vila. Isto é, toda a gente se conhece e toda a gente te quer conhecer. Por isso, tira tempo para falar com os locais. São das pessoas mais queridas à face da Terra.

Portanto, para te deslocares podes muito bem ir à boleia. A ilha é mais que segura e os corvinos andam sempre a passear. Podes também optar por alugar um carro particular ou usar um táxi. De qualquer forma, vais adorar estar aqui.

Na vila recomendamos que visites os Moinhos, a Igreja de Nossa Senhora dos Milagres e o EcoMuseu. O Posto de Turismo também merece uma visita pela sua peculiar construção.

Rapariga com um moinho
Moinhos da Ilha do Corvo @descobrircomalma

 

Entretanto, aproveita e visita também o Centro de Interpretação de Aves Selvagens e a Lacticorvo. Se gostas de queijo ligeiramente picante, não percas mesmo a oportunidade de visitar a única fábrica de lacticínios da ilha.

Ah! E claro não percas o característico Império. Este é bem mais pequeno que os das outras ilhas. Por isso, fácil de passar despercebido. Podes encontrá-lo no Largo do Outeiro, antigo local de convívio dos homens da Ilha.

Nesse meio tempo, podes ainda optar por dar um mergulho na Praia do Porto da Casa.

Por outro lado, se quiseres fazer uma pequena caminhada até ao Miradouro do Portão, poderás ver toda a Vila do Corvo contrastando com o azul e verde da paisagem natural.

Acima de tudo, desfruta do momento de teres a oportunidade de conhecer toda uma ilha e os seus habitantes!

vista da vila do corvo - ilha do corvo
Vista da vila do Corvo

Trilhos Pedestres na ilha do Corvo

Na ilha do Corvo existem apenas dois trilhos, e na nossa opinião são ambos obrigatórios.

  • PR01 COR – Trilho da Cara do Índio – Este trilho de categoria linear e dificuldade média, liga o Caldeirão à Vila. Assim, o percurso contorna um cone vulcânico com cratera aberta para Sul, conhecido como geossítio da Coroínha e arriba de Pingas. Aqui não deixes de usufruir da vista para a vizinha Flores. O percurso termina na Praia da Areia onde podes aproveitar para te refrescares. Tem cerca de 10 km e demora em média 3h a percorrer.
formação rochosa que parece a cara de um indio de perfil - ilha do corvo
“Cara do Índio” que dá nome ao Trilho
  • PRC02 COR – Trilho do Caldeirão – Este trilho de categoria circular e dificuldade média, vai-te levar ao interior de uma caldeira colapsada. Agora uma área para protegida para várias espécies indígenas. Assim, todo o trilho se desenvolve em altitudes entre os 400 e 600 metros e deve ser apenas realizado em dias de boa visibilidade. Um casaco aqui é praticamente obrigatório independentemente da época. Entretanto, vais passar ao lado das duas lagoas que se avistam do miradouro. Tem em atenção que estás numa área protegida. Contudo, se te deparares com alguma vida animal, segue o teu caminho sem nunca perturbar os animais.
vaca num pasto dentro de uma caldeira extinta - ilha do corvo
Natureza pura no Caldeirão @descobrircomalma

 

E assim terminam as nossas recomendações pela ilha (habitada) mais pequena de Portugal.

Lembra-te que os Açores são famosos pela sua imprevisibilidade meteorológica. Ou seja, sempre que viajares, deves adquirir um seguro de viagemIati seguros, para eventuais atrasos ou cancelamentos de voos.

Se ficas-te curioso em descobrir a ilha do Corvo e a vizinha ilha das Flores, vem connosco de 25 a 30 de Setembro!

Are you ready to Break Free?

Deixe uma resposta